TIRA DÚVIDAS: PROFISSIONAIS / ESTUDANTES             RELACIONE-SE

Faça Treinamento Prático Marketing Digital

mar 5, 2015
admin

Mídia social, o segredo da automação de marketing

Mídia social, o segredo da automação de marketing

Fonte com autorização: Startup 101

Nos últimos anos, as cartas para jogar no mundo dos negócios estão misturadas. Mude a maneira como você trabalha, precisa de mudanças, as ferramentas e os clientes. Como lidar com a mudança na chave de marketing? Uma solução eficaz para ter na mão o seu mercado alvo é a Automação de Marketing.

Um recurso de software que ajuda as empresas a gerenciarem todos os aspectos da comunicação: telefone, e-mail, aplicativos da Web, que favorecem o compartilhamento de informações dentro e fora da empresa, e também permite o estabelecimento de relatórios personalizados e exclusivos de os seus clientes.

Esta função tornou-se totalmente disponível para empresas de todos os tamanhos e indústrias. Hoje não é difícil de fazer mensagens ad hoc, que ajudam os clientes a interagirem com as empresas os acompanhando passo a passo até a venda dos produtos.

Qual é o segredo? Muito está no campo das mídias sociais: é por esses meios que você pode envolver mais pessoas, promovendo o estudo e a adoção de métodos adaptados às necessidades de cada contato.

Como funciona  automação de marketing

Marketing-Automation

Um sistema deste tipo será o apoio no planejamento e implementação de campanhas promocionais (escolha dos alvos, a definição dos canais promocionais, dotação orçamental) e, no caso do uso de canais digitais diretos, tais como e-mail e SMS, também lhe dará a capacidade de monitorar continuamente os resultados de suas campanhas.
Através da Automação de marketing pode-se automatizar o processo de diálogo com o cliente aproveitando as diversas possibilidades de interação, e reduzir o custo e o tempo de implementação de projetos no âmbito do marketing.

Automação de marketing e redes sociais. Aqui está um exemplo prático

Social-mediaAutomation

Com a automação de marketing, pegando os dados corretos sobre as perspectivas dos clientes chegará a bons resultados. Primeiro de tudo, você pode segmentar seu público com base no tipo de cliente a atingir; então você pode “chegar” através de mensagens de e-mail em seus eventos e mensagens a título pessoal, que ajudam a construir uma relação de confiança entre os clientes e sua marca.

Perceba que mensagens podem bater os interesses dos clientes em todas as etapas do processo de vendas dos produtos, vai ajudar o seu público a voltar para você. Quer apostar? Aqui está um exemplo prático.

Tomamos um jovem chamado Marco que conhecia o seu produto quando ele estava à procura de informações no Google. Uma vez feito isto, Marco começou a “brincar” com o seu site, tornou-se familiarizado com a marca e começou a receber os seus serviços e produtos.

Depois de duas semanas, durante o qual Marco coloca questões interessantes através da Rede Social, decide baixar uma apresentação do produto. Três dias depois, Marco recebe um e-mail o convidando a participar de uma discussão via web para saber mais sobre o tema específico de interesse.

Marco está ativamente envolvido e, na manhã seguinte, é enviado um segundo e-mail que fornece links para materiais adicionais. Uma semana depois, outra oferta com um desconto sobre o produto que ele está interessado. Ele pode não estar pronto para prosseguir a compra, mas, intrigado com a oferta, e irá clicar na página e doar os ganhos sociais de qualquer maneira para o seu negócio.

Através deste processo, você chega mais perto da compra, mas sem ser agressivo.

Esta é uma estratégia de sucesso real de que não basta anunciar um produto, mas destina-se a estabelecer uma relação única e exclusiva com o seu cliente.

Redes Sociais e automação de marketing uma grande combinação

A Automação de Marketing tem como objetivo crescer e liderar as vendas. Para fazer isso, é importante que as mensagens certas sejam lançadas no melhor momento. E é aqui que vem poderosamente o papel do marketing de mídia social que pretende chegar a novas perspectivas para que você possa interagir com o cliente ajudando e o levando à venda de seus produtos.

As mídias sociais permitem que as empresas construam relações de confiança e reconhecimento, deixar de dar importância aos potenciais clientes de modo a torná-los cientes. É importante conhecer o público que você está alvejando, porque, quanto mais informações você tiver sobre seus contatos mais fácil será implementar estratégias de vendas para o sucesso. Ao ligar o seu Automação de marketing para mídias sociais terá uma ótima maneira de coletar informações dos clientes, informações que serão essenciais para otimizar seu processo de negócio.

Compartilhar
mar 3, 2015
admin

Mídia Social para startups: Dez perguntas sobre o uso

Mídia Social para startups: Dez perguntas sobre o uso
Fonte com autorização: Startup 101
Startups por sua natureza, precisam ser tão rápidas quanto possível, a conhecer ao público em geral. Muitos delas, apesar de si mesmas, gostariam de tirar proveito das mídias sociais apenas para obter um retorno imediato em termos de negócios, mas o potencial é muito mais amplo.

O cenário da mídia social é claramente um dos maiores e mais difíceis de ler para startups que estão se preparando para se juntar, compartilho dez perguntas cruciais sobre a sua utilização para fazer entrada menos traumática possível.

1. Há mais de 700 meios de comunicação social, qual é o certo para nós?

É natural sentir-se oprimido pela escolha de ferramentas e tecnologias. Muitos fundadores acham que o cerne da questão é a de se estar em tantas plataformas quanto possível, na verdade, ser “presente” na mídia social, não significa criar uma conta. Ter um perfil inativo cria uma reação exatamente oposta, na verdade, a escolha de plataformas para usar deve depender destas perguntas: 1. Qual é o público-alvo?, 2. Qual é o nosso objetivo? Vamos dar um exemplo simples, se a statup em questão é um restaurante, o Facebook é a melhor plataforma para fazer sentir a sua presença.

2. O marketing de conteúdo é útil para a nossa startup?

Com certeza que sim, porém mais do que seguir o trabalho dos outros, temos de concentrar-se em fazer o nosso melhor possível na transmissão de conteúdo de alta qualidade e especialmente valioso para o nosso alvo. O ponto de partida para uma estratégia de mídia social é a criação de conteúdo para promover de forma fácil, uma grande ferramenta para começar é a criação de um blog corporativo.

3. A mídia social é útil para o B2B?

Certamente que sim. A chave é estabelecer uma estratégia de mídia social sólida, que inclui a definição dos objetivos que pretende alcançar, escolhendo a plataforma certa e constantemente medir os resultados e, em seguida, refinar as estratégias dessas medições e avaliações pessoais.

social-media-startups

4. Você pode obter novos clientes através da mídia social?

Aqui está um exemplo: Suponha que você é uma empresa de serviços de software. Em um dos grupos do LinkedIn, você nota uma conversa que lhe nteressa e decide participar, dando o seu ponto de vista sobre o assunto. Por meio dessa interação um membro do grupo se conecta com sua conta. O que aconteceu? Você tem um novo cliente em potencial, sem o uso de estratégias de envio.

5. Devemos gastar dinheiro em publicidade?

A primeira pergunta a fazer é: o que deve ser alcançado através dos classificados? Nós todos sabemos que os anúncios estão disponíveis em diferentes plataformas, então com base nos objetivos devemos escolher o melhor para nós e de acordo com as demonstrações financeiras a compreender a quantia para investir. Muito interessante é o fato de que os anúncios funcionam melhor para coisas específicas, como eventos, pós e ofertas específicas.

6. Qual a importância da marca pessoal do fundador?

A marca pessoal é muito importante, especialmente quando se trata de startups. De fato, enquanto o valor do serviço é mensurável apenas após a sua utilização, o valor da empresa é medido com base na confiança que os clientes depositam em seu fundador, para os clientes é muito importante saber quem está por trás do produto.

Personal-Brand

7. A mídia social pode ajudar a entrar em contato com os melhores talentos?

Primeiro você tem que perguntar a si mesmo esta pergunta: Por queremos o melhor talento para trabalhar com a gente? Suponho que deva ser uma startup com uma infra-estrutura impressionante e um ambiente de trabalho que cria grandes oportunidades de crescimento.

Mostramos agora todos esses recursos em mídia social. O resultado? Certamente positivo. Estamos, de fato, em uma época em que os candidatos não se limitam a aderir a uma empresa só de ler a descrição do local de trabalho, não se esqueça de criar a impressão direta, é, portanto, a chave para obter a cooperação dos melhores talentos ao redor.

8. Como faço para definir a frequência das mensagens de status em mídia social?

Algumas perguntas muito simples, mas também muito importante.

  • Precisamos deixar três ou dez tweets?
  • Quantas atualizações de status no Facebook?
  • Deve ser feito todos os dias?
  • Quantas vezes devemos postar uma atualização da página no LinkedIn?
  • Devemos escrever dois posts por semana ou um por dia em nosso blog?

Tudo depende do que nos propusemos, se resolvi postar três tweets por dia, os três tweets devem ser postados todos os dias, o importante é a consistência.

9. Atualizações automáticas está bem?

Como uma startup é bastante natural que não pode ser onipresente na mídia social. Estamos todos conscientes da utilidade de ferramentas de programação como Hootsuite ou Bufferapp , só tome cuidado para não publicar nada irrelevante em determinados períodos de tempo. Por exemplo, se você programar um tweet relacionado a uma conferência, mas a conferência foi cancelada, é adequado para eliminar esta programação para evitar a terrível falha.

10. Gerenciar melhor mídias sociais em casa ou com a ajuda de uma agência?

Ninguém conhece o nosso negócio melhor do que nós. Sabemos que eles precisam estar intimamente envolvidos nas atividades em mídia social. Não é algo que você pode simplesmente entregar a alguém e depois esquece.

Para tornar isso mais eficaz você precisa estar tão envolvidos quanto possível. Se tivéssemos tempo e conhecimento devemos pessoalmente dirigir as atividades sociais, embora o uso de especialistas da indústria tem muitas vantagens.

Provavelmente nossa startup também precisa de um especialista para tratar o aspecto crucial da mídia social, pelo menos inicialmente, e uma vez alcançado o máximo, começar a gerir pessoalmente suas contas.

Compartilhar
fev 26, 2015
admin

[Como] usar o marketing de artigos para aumentar a conversão

[Como] usar o marketing de artigos para aumentar a conversão

Fonte com autorização: Startup 101

O Marketing de artigos ainda não é totalmente aproveitado na blogosfera brasileira, mas tem um grande poder. É a melhor e mais barata forma de potencializar o seu blog nas buscas. Vale a pena começar a utilizá-lo para atingir e/ou aumentar com qualidade as duas bases de um bom blog: índice de visitas e SEO.

Saiba mais sobre esta nova técnica e um pouco sobre as repercussões que ela já gerou na blogosfera, além de (como sempre!) dicas de como iniciar-se no Marketing de artigos. Aproveite a tacada, porque ela está em alta atualmente! Esta técnica surgiu como uma das mais eficazes que um webmaster pode usar dentro da ampla gama de táticas de marketing digital.

Quem trabalha com internet sabe que o conteúdo é a matéria-prima para construir uma boa estratégia, neste caso, uma estratégia para fazer comercialização com ajuda dos artigos. Por exemplo, ao ler o e-mail ou simplesmente procurar conteúdo de informação torna-se a prioridade. Daí a importância de escrever artigos que se origina com o valor para os clientes existentes e potenciais clientes?

Formas de marketing de artigos

São duas as principais formas de fazer marketing por meio de artigos:

  • Por meio de guest-posts
  • Por submissão de textos a diretórios

Sobre os guest-posts, todos já sabem: posts em outros blogs, mais populares. Isto é bom, também, mas a liberdade que você tem nos diretórios de submissão de artigos é enorme.

Nestes locais, você geralmente tem a opção de adicionar (geralmente, até 3 palavras-chave específicas linkando para alguma página sua. Assim, pode muito facilmente subir de posições no Google para tais palavras-chave, se quiser otimizá-las com qualidade, pois tem total domínio do texto âncora que as compõe.

Um exemplo: você cria um novo blog de nicho, em inglês, com base na palavra-chave “skincare” (cuidados com a pele). Coloca esta palavra no título de seu blog e em vários pontos dos textos, mas mesmo com alguns links apontando para o seu blog, não consegue atingir o topo das pesquisas para esta palavra-chave.

Então, a melhor forma de atingir o seu objetivo, certamente, será a produção de alguns artigos com links apontando para o seu blog com a palavra-chave “skincare”. Assim, o Google saberá que o seu blog tem alguma relevância dentro deste assunto. E pode ir fazendo vários artigos seguindo esta métrica, até atingir o topo. Em algumas situações você pode precisar de apenas 1 ou 2 artigos e, em outras, muito mais. Mas certamente este esforço vale a pena, principalmente se você conhece o assunto sobre o qual está escrevendo.

Outra forma de promover o seu trabalho desta maneira é com a biografia do autor, que geralmente encontra-se abaixo dos seus artigos. Pode colocar um link para o seu próprio blog, para potencializar sua promoção e ainda ganhar alguma relevância dentro do assunto sobre o qual escreve.

Quando utilizar?

Agora, veja as principais situações onde você pode utilizar o Marketing de artigos:

  • Quando precisa atingir o topo para determinada palavra-chave de um artigo do seu blog.
  • Quando criou um blog de nicho específico para uma palavra-chave long tail e está quase no topo.
  • Se o seu blog for relativamente novo e você queira angariar alguma relevância rapidamente.

Além disso, o Marketing de artigos também é aplicável em várias outras situações.

Geralmente, as pessoas não se iniciam no marketing de artigos por pura preguiça ou por falta de tempo, como no meu caso. Mas certamente, quando as coisas esfriarem por aqui estarei criando vários blogs de nicho e submetendo artigos em vários diretórios. Além disto, quero enviar alguns simples textos em diretórios em português, para atingir o topo de algumas pesquisas.

Você pode fazer o mesmo, no momento em que quiser!

Dicas para uma estratégia de marketing de artigos

  • Procure fazer textos com uma qualidade altíssima.
  • Aponte para páginas específicas do seu blog que estejam quase ao topo das pesquisas.
  • Pode apontar também para a página inicial do seu blog, sempre que puder.
  • Siga corretamente as regras do diretório onde está submetendo seus artigos.
  • Cuidado com o sistema de Links em certos diretórios: alguns nem dão Links Follow e, outros, apenas quando o artigo ganha um número X de reconhecimento, como as Hubpages.
  • Submeta artigos sobre o mesmo tópico para vários diretórios, mas nunca artigos idênticos, muito menos idênticos aos que você publicou em seu próprio blog. Faça algumas alterações, pois senão terá todo o seu trabalho perdido, por conta do conteúdo duplicado que está a submeter. Para isto, você pode reescrever manualmente ou conhecer um pouco mais da técnica de Spun Articles, o qual pretendo abordar aqui mais tarde.
  • Trace uma estratégia de Link Building para cada artigo que você criar, para aumentar a relevância de tais páginas apontando para o seu blog.
  • Para começar, pode pegar alguns artigos já prontos do seu blog e fazer algumas leves adaptações. Isso leva apenas 15 minutos e vale muito a pena.

Finalmente, o marketing de artigo, se faz com uma boa qualidade da escrita e ter um banco de dados de palavras-chave, é a melhor maneira de posicionar o conteúdo do blog em mecanismos de busca.

Estes, a ser publicado em sites de terceiros têm links que apontam para o seu blog, e ajudam a obter melhor posição nos resultados de busca. Escrever não é fácil, muito menos se é um artigo para promover produtos. No entanto, é uma tarefa que se bem feita, terá os resultados esperados e adequados para o negócio.

Compartilhar
fev 24, 2015
admin

Estratégia de marketing: as 6 regras de ouro na era digital

Atingir os clientes é o ponto essencial de qualquer estratégia de marketing, e é precisamente por esta razão, que, com a evolução da tecnologia, é cada vez mais necessário atingir o consumidor digital e tornar-se um com ele.

Os consumidores da era digital, são caracterizados pela familiaridade com o mundo digital, e as empresas são forçadas a evoluir e inovar, a fim de melhor atender as expectativas requeridas; este desenvolvimento está possibilitando uma conexão entre a marca e o cliente. No entanto, é fácil se confundir e cometer erros durante as comunicações digitais. Aqui está uma lista das seis regras de ouro que sua equipe de marketing deve saber:

1. Desenvolver a marca e imagem

Estratégia de marketing

Antes de se comunicar com o mercado é essencial, definir a marca e “imagem corporativa”. Isto é importante porque é a estratégia da própria marca; uma vez que permite distinguir-se dos concorrentes. Além disso, você tem que comunicar a sua marca de uma forma consistente com a estratégia de marketing digital.

2. A estratégia de marketing digital não é uma máquina

Certamente, o marketing aplicado ao mundo digital pode chegar a milhões de usuários com um clique; mas é importante monitorar, pois se você não controlar adequadamente a comunicação, nada será eficaz! É necessário que os clientes que interagem, percebam a confiança; você tem que definir o tom certo para comunicar a mensagem correta e deixar claro para o usuário que é uma pessoa real do outro lado.

3. Inovação bate a concorrência

inovacao-concorrencia

A competição é um fator importante a ser estudado em sites, processos de vendas e estratégias de marketing dos principais concorrentes. Mas, isso não é suficiente, você precisa inovar!; o consumidor da era digital está esperando uma marca diferente e muito mais criativa. Pense em novas maneiras de capturar a atenção das pessoas: mudou a rotina diária do usuário e você terá uma comunicação cativante. A estratégia de marketing pode ajudar a conseguir exatamente isso.

4. A criação de uma experiência é crucial

A estratégia de marketing funciona melhor quando ela captura os sentidos dos consumidores: se você conseguir criar uma “experiência” em sua mente, ele não vai esquecer facilmente. Uma estratégia de sucesso é capaz de combinar o mundo real com o mundo virtual para criar um!

5. Teste a campanha em realidade

testar-campanha

Depois de criar uma campanha, testar a ideia sobre os colegas de escritório ou amigos antes de joga-la ao mundo. Isto lhe dará uma compreensão dos pontos fortes e fracos da estratégia de marketing. Esse feedback vai ajudar a refinar a ideia e dará aos usuários a percepção de que a marca realmente sabe o que quer.

6. Viver com paixão a experiência digital

Quando foi a última vez que você sorriu com o pensamento de um novo projeto? Bem, para ser um comerciante de sucesso no mundo digital, a resposta deve ser muito recente. Para entender o consumidor da era digital, você deve entender a sua mente. Você tem que aproveitar a tecnologia e fazer de cada projeto de marketing como um desafio a superar.

Basta seguir estas dicas, recordando as três palavras-chave: consistência, inovação e paixão e será capaz de executar os projetos de marketing estratégico na web, sem risco e sem erros.

Compartilhar
fev 18, 2015
admin

5 razões pelas quais as mídias sociais aumentam o valor do seu negócio

Fonte com autorização: Startup 101

Quando estamos a falar de mídia social com os não-especialistas (muitas vezes até mesmo o nosso chefe, existem dois tipos de indivíduos que enfrentamos:

  • Aqueles que pensam que estamos a falar de uma porcaria;
  • E aqueles que se iludem que social é a panaceia para todos os males.

Como se costuma dizer em latim, por outro lado, em medio stat virtus. Então, a mídia social pode realmente aumentar o valor da marca, mas apenas se fazer uso de um trabalho de planejamento estratégico. Este tipo de comunicação pode ser dirigida não só aos clientes, mas também para os potenciais investidores.

Então, por que uma empresa tem que ativar estrategicamente canais sociais? Qualquer um poderia esperar de você uma resposta: para vender. No entanto, por razões que há pelo menos 5, e “vender” não é exatamente uma resposta que um profissional deva dar.

1 – Para criar conscientização de marca

Em um recente artigo da Forbes Jayson DeMers afirma que:

Cada oportunidade de espalhar conteúdo e aumentar a sua visibilidade é precioso. As mídias sociais são novos canais que podem dar voz à sua marca. Isso é importante, porque faz mais facilmente acessíveis aos clientes potenciais, e o mais familiar e reconhecível para aqueles que já adquiriram.

Lembre-se que um comprador está disposto a pagar mais dinheiro para uma marca forte.

motivo1

2 –  Não “para vender”, mas para dar um impulso às vendas

A mídia social não é apenas uma maneira de fazer contato com novos clientes. Os especialistas em marketing (e empresários), sabem que as mídias sociais oferecem uma variedade de ferramentas para dar um impulso às vendas. Um artigo sobre CIO.com citou três exemplos:

  • 3 milhões de dólares em vendas para Dell usando o Twitter;
  • $ 2 milhões em vendas para Starwood através de uma campanha de Facebook;
  • Um ROI de 1.600% para VMware via Google+ Hangout.

As empresas de sucesso que desenvolvem e utilizam novos métodos para expandir as vendas são mais desejáveis por compradores do que as empresas com modelos ultrapassados ​​que parecem ser cada vez menos eficazes. Além disso, mais consumidores são a certeza do futuro potencial de vendas da empresa, o mais provável é que eles estarão dispostos a pagar um valor mais elevado.

3 – Para melhorar a sua reputação e liderança

O LinkedIn não é apenas uma rede social para encontrar trabalho: ao longo do tempo tem-se revelado um recurso de marketing para as organizações B2B, porque o site oferece aos usuários a capacidade de se conectar com outras pessoas em sua indústria. De acordo com o LinkedIn, 60% dos membros dos visitantes de um site está interessado em recolher notícias do setor.

Joe Chavez da Allegiance Capital escreveu:

O LinkedIn pode posicionar seu gerente como um líder de opinião (através da partilha de conhecimentos da indústria, a publicação de conteúdo original e relevante, o comentário em discussões em grupo, etc.). Por isso, é possível melhorar a reputação da empresa.

Os investidores procuram empresas de sucesso que são bem conhecidas na indústria e estarão mais propensos a oferecer um valor mais elevado do que o que eles oferecem em uma empresa semelhante, mas menos conhecida.


4- Para melhorar o atendimento e satisfação do cliente

 Cada interação em mídias sociais é uma oportunidade para enriquecer o seu relacionamento com seus clientes. Por exemplo, se um cliente reclama sobre o produto no Twitter, você pode responder imediatamente ao comentário, publicamente e pedir desculpas. Ou, se um cliente elogia, você pode agradecer-lhe publicamente e recomendar outros produtos. Desta forma, os clientes percebem que você se importa com as suas opiniões.

Quanto mais o cliente está satisfeito, maior o seu envolvimento e mais duradoura de sua lealdade. Hoje, os usuários (especialmente do Milênio) esperam se comunicar com as empresas através das mídias sociais.

Um comprador vai acompanhar de perto a rede de negócios sociais para entender como o serviço ao cliente gera comentários, dúvidas e reclamações. Outros dados importantes sobre a frequência e tipo de solicitações, elogios e reclamações recebidas. Se a empresa não realizar um ativo, um investidor pode colocar em causa a capacidade de retenção de clientes e vendas, fatores que podem afetar uma estimativa favorável.

motivo5

5 – Para implementar uma estratégia de contar histórias

As mídias sociais oferecem múltiplos canais para compartilhar as histórias de sucesso que distinguem o seu negócio dos outros. Você pode criar uma sinergia entre vários canais para reforçar a estratégia de contar histórias. Elas são as verdadeiras histórias que reforçam a sua imagem. E uma imagem forte representa uma empresa forte e competitiva no mercado.

Quando um investidor procura uma empresa em sites de mídia sociais as suas histórias de sucesso são capazes de fornecer informações importantes sobre a organização: elas também poderiam mostrar as possíveis sinergias com os compradores estratégicos.

Então, se você está pensando em vender (ou todos) uma parte do seu negócio, não negligence a importância de sua presença na mídia social. Os compradores vão examinar cuidadosamente as informações sobre sua empresa ser pró-ativa e estrategicamente gerida em mídia social. Só desta forma pode-se destacar suas realizações e suas habilidades.

Compartilhar
fev 16, 2015
admin

Mídia social, o segredo da automação de marketing

Fonte com autorização: Startup 101

Nos últimos anos, as cartas para jogar no mundo dos negócios estão misturadas. Mude a maneira como você trabalha, precisa de mudanças, as ferramentas e os clientes. Como lidar com a mudança na chave de marketing? Uma solução eficaz para ter na mão o seu mercado alvo é a Automação de Marketing.

Um recurso de software que ajuda as empresas a gerenciarem todos os aspectos da comunicação: telefone, e-mail, aplicativos da Web, que favorecem o compartilhamento de informações dentro e fora da empresa, e também permite o estabelecimento de relatórios personalizados e exclusivos de os seus clientes.

Esta função tornou-se totalmente disponível para empresas de todos os tamanhos e indústrias. Hoje não é difícil de fazer mensagens ad hoc, que ajudam os clientes a interagirem com as empresas os acompanhando passo a passo até a venda dos produtos.

Qual é o segredo? Muito está no campo das mídias sociais: é por esses meios que você pode envolver mais pessoas, promovendo o estudo e a adoção de métodos adaptados às necessidades de cada contato.

Como funciona  automação de marketing

Um sistema deste tipo será o apoio no planejamento e implementação de campanhas promocionais (escolha dos alvos, a definição dos canais promocionais, dotação orçamental) e, no caso do uso de canais digitais diretos, tais como e-mail e SMS, também lhe dará a capacidade de monitorar continuamente os resultados de suas campanhas.
Através da Automação de marketing pode-se automatizar o processo de diálogo com o cliente aproveitando as diversas possibilidades de interação, e reduzir o custo e o tempo de implementação de projetos no âmbito do marketing.

Automação de marketing e redes sociais. Aqui está um exemplo prático

Com a automação de marketing, pegando os dados corretos sobre as perspectivas dos clientes chegará a bons resultados. Primeiro de tudo, você pode segmentar seu público com base no tipo de cliente a atingir; então você pode “chegar” através de mensagens de e-mail em seus eventos e mensagens a título pessoal, que ajudam a construir uma relação de confiança entre os clientes e sua marca.

Perceba que mensagens podem bater os interesses dos clientes em todas as etapas do processo de vendas dos produtos, vai ajudar o seu público a voltar para você. Quer apostar? Aqui está um exemplo prático.

Tomamos um jovem chamado Marco que conhecia o seu produto quando ele estava à procura de informações no Google. Uma vez feito isto, Marco começou a “brincar” com o seu site, tornou-se familiarizado com a marca e começou a receber os seus serviços e produtos.

Depois de duas semanas, durante o qual Marco coloca questões interessantes através da Rede Social, decide baixar uma apresentação do produto. Três dias depois, Marco recebe um e-mail o convidando a participar de uma discussão via web para saber mais sobre o tema específico de interesse.

Marco está ativamente envolvido e, na manhã seguinte, é enviado um segundo e-mail que fornece links para materiais adicionais. Uma semana depois, outra oferta com um desconto sobre o produto que ele está interessado. Ele pode não estar pronto para prosseguir a compra, mas, intrigado com a oferta, e irá clicar na página e doar os ganhos sociais de qualquer maneira para o seu negócio.

Através deste processo, você chega mais perto da compra, mas sem ser agressivo.

Esta é uma estratégia de sucesso real de que não basta anunciar um produto, mas destina-se a estabelecer uma relação única e exclusiva com o seu cliente.

Redes Sociais e automação de marketing uma grande combinação

A Automação de Marketing tem como objetivo crescer e liderar as vendas. Para fazer isso, é importante que as mensagens certas sejam lançadas no melhor momento. E é aqui que vem poderosamente o papel do marketing de mídia social que pretende chegar a novas perspectivas para que você possa interagir com o cliente ajudando e o levando à venda de seus produtos.

As mídias sociais permitem que as empresas construam relações de confiança e reconhecimento, deixar de dar importância aos potenciais clientes de modo a torná-los cientes. É importante conhecer o público que você está alvejando, porque, quanto mais informações você tiver sobre seus contatos mais fácil será implementar estratégias de vendas para o sucesso. Ao ligar o seu Automação de marketing para mídias sociais terá uma ótima maneira de coletar informações dos clientes, informações que serão essenciais para otimizar seu processo de negócio.

Compartilhar
dez 18, 2014
admin

EUA vão melhorar a internet de Cuba

A retomada das relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba trará benefícios aos poucos internautas da ilha e deve servir para aumentar a penetração da rede por lá.

Em comunicado divulgado nessa quarta-feira, 17, o presidente americano, Barack Obama, afirmou que a Casa Branca iniciou os esforços que ajudarão a melhorar a situação da internet cubana.

Atualmente apenas 5% da população de Cuba está conectada. Assim, a maioria das trocas de arquivos são feitas de forma offline, com uso de dispositivos USB vendidos no mercado negro.

Para mudar esse quadro, empresas de hardware e serviços de telecomunicações serão autorizadas a negociar com o governo cubano, conforme noticia o Ars Technica.

Fonte: Olhar Digital 

Compartilhar
dez 18, 2014
admin

5 inovações que os wearables provocarão na área da saúde em 2015

Cases de smartphone inteligentes e apps para prescrições médicas são algumas das novidades que devem chegar no próximo ano.

5 inovações que os wearables provocarão na área da saúde em 2015

 

O ano de 2014 foi importante para a tecnologia na área de saúde. Segundo a incubadora de saúde digital StartUp Health, o investimento no segmento nos três primeiros trimestres do ano ultrapassou US$ 5 bilhões.

 

No próximo ano, esse mercado trará muitas novidades. Veja a seguir algumas delas:

 

1) Wearables para as orelhas
Devido a proximidade com a artéria temporal, dispositivos de orelha são capazes de monitorar de forma bastante precisa, como a pressão sanguínea em tempo real, nível de respiração e saturação do oxigênio. SensoTrack e BitBite são alguns deles.

 

2) Faixas que analisam o suor
Em breve, será possível medir a bioquímica interna com uma simples faixa com biosensor. A Electrozyme está desenvolvendo um sensor flexível que é inserido no wearable e mensura as substâncias metabólicas presentes no suor, permitindo que as pessoas rastreiem nível de hidratação, extersão do músculo, entre outros.


3) Cases de smartphone inteligentes
Além de protegerem o celular, as “capinhas” medirão seu nível de glicose no sangue. A AliveCor, por exemplo, mede os batimentos cardíacos para prever um possível infarto.

 

4) Apps de prescrição
O Blue Star da Well Doc, por exemplo, é destinado a pessoas com diabetes tipo 2. Os pacientes podem incluir dados sobre níveis de dieta, exercícios para que o app analise a condição e dê um feedback.


5) Luz saudável
A luz da tela do seu smartphone ou tablet provoca alterações no seu ciclo circadiano e pode alterar seu sono e impactar sua saúde. Em 2015, empresas devem investir em soluções para que as luzes artificiais sejam mais saudáveis. A Good Lux Technology lançou o SunSprite, um wearable que consegue informar se a pessoa absorveu a quantidade ideal de luz durante o dia.

 

Fonte: Proxxima 

Compartilhar
Páginas:1234567...665»

Arquivos

Tweets

    Consultoria Marketing Digital

    Administração de Mídia Digital

    Agência de Mídias e Redes Sociais

    Agência de Publicidade Digital

    Analista de Marketing Digital

    Analista de Marketing Digital

    Aplicativos para Tablet e Smartphones

    Aprenda Marketing Digital

    Assessoria de Imprensa Digital

    Casa do Yakisoba - Cliente NWMídia

    Cases Marketing Digital

    Cemara Loteamentos - Cliente NWMídia

    Chopp Kremer - Cliente NWMídia

    Compra de Conhecimento Digital

    Consultoria de Marketing Digital

    Consultoria Digital para a Família

    Criação de Blog Corporativo

    Criação de Site Mobile

    Criação de Sites Diferenciados

    Criação de Sites Otimizados

    Especialista em Marketing Digital NW

    Especialista em Marketing Digital NW3

    Especialista em Marketing Digital NW6

    Especialistas em Marketing Digital

    Especialistas em Marketing Digital NW1

    Especialistas em Marketing Digital NW5

    Formulário 2a. Fase Franquia

    Franquia Consultor de Marketing Digital

    Franquia de Mídias Facebook & Twitter

    Franquia de Mídias Sociais

    Franquia de Monitoramento de Redes Sociais

    Franquia de Redes Sociais

    Franquia Gerenciamento Facebook

    Franquia Gerenciamento Twitter

    Franquia Gestão Redes Sociais

    Franquia Gestão Facebook

    Franquia Gestão Mídias Socias

    Franquia Gestão Twitter

    Franquia NWMí­dia Marketing Digital

    Franquia NWMí­dia Marketing Digital

    Franquia para Consultor Cauda Longa

    Franquia Treinamentos

    Gerente de Ecommerce

    Gerente de Marketing Digital

    Gestão de Conteúdo Web

    Gôla Gelato - Cliente NWMídia

    Google Apps NWMídia

    Links Patrocinados Google e Facebook

    Mais Educa - Clientes NWMídia

    Marketing Digital de Performance

    Marketing Eleitoral Digital

    Marketing Mobile para Empresas

    Marketing Redes Sociais Empresas

    Materiais Educativos NWMídia

    Meu site não aparece no Google

    Micro Palestras Marketing Digital

    NW Mídia Marketing Digital

    NWMídia - Unidade Americana SP

    NWMídia - Unidade Aracajú SE

    NWMídia - Unidade Belém PA

    NWMídia - Unidade Boa Vista RR

    NWMídia - Unidade Brasília DF

    NWMídia - Unidade Campo Grande MS

    NWMídia - Unidade Cuiabá MT

    NWMídia - Unidade Curitiba PR

    NWMídia - Unidade Florianópolis SC

    NWMídia - Unidade Fortaleza CE

    NWMídia - Unidade Goiânia GO

    NWMídia - Unidade Guarulhos SP

    NWMídia - Unidade João Pessoa PB

    NWMídia - Unidade Macapá AP

    NWMídia - Unidade Maceió AL

    NWMídia - Unidade Manaus AM

    NWMídia - Unidade Natal RN

    NWMídia - Unidade Palmas TO

    NWMídia - Unidade Penápolis SP

    NWMídia - Unidade Porto Alegre RS

    NWMídia - Unidade Porto Velho RO

    NWMídia - Unidade Pouso Alegre MG

    NWMídia - Unidade Recife PE

    NWMídia - Unidade Ribeirão Preto

    NWMídia - Unidade Rio Branco AC

    NWMídia - Unidade Rio de Janeiro RJ

    NWMídia - Unidade Salvador BA

    NWMídia - Unidade São José dos Campos SP

    NWMídia - Unidade São Luis - MA

    NWMídia - Unidade São Paulo SP

    NWMídia - Unidade Sorocaba SP

    NWMídia - Unidade Terezina PI

    NWMídia - Unidade Ubatuba SP

    NWMídia - Unidade Vinhedo SP

    NWMídia - Unidade Vitória ES

    Operadora Marketing Digital

    Otimização de Sites Google

    Pagamento Especialista em Marketing Digital

    Planejamento de Marketing Digital

    Profissionais de Marketing Digital

    Seja nosso Divulgador

    Serviços de Marketing Digital

    Serviços para Divulgadores

    Soluções para Alunos de Marketing

    Treinamentos Marketing Digital

    Vídeos para Sites e Portais

    © COPYRIGHT - 2011 / NW Mídia Marketing Digital Agência de Publicidade Aplicativos Tablets Marketing em Redes Sociais Otimização de Sites